quarta-feira, 27 de agosto de 2014

LARVAS


Nem todas as larvas são de cor verde

CARACTERÍSTICAS:

As larvas pertencem a família dos lepidópteros. Existem mais de 10.000 espécies distintas. Sofrem umas metamorfoses, já que o seu aspecto de larva indica o seu estado mais jovem de desarrolho. Em estado adulto é una borboleta. A maioria das espécies de larvas têm as mesmas características no seu desarrolho reprodutivo, que começa por: ovo , casulo e depois aparece a larva e faz danos tais como, buracos nas folhas, flores, frutos, talos jovens e tenros.


Varias borboletas que antes foram larvas e cujos descendentes também o serão.

Reprodução:

As fêmeas costumam por os seus ovos na parte inferior das folhas , na parte baixa da mesma, mais perto do substrato. Ao abrir-se o ovo sai a larva dele e começa os seus primeiros ataques ao cultivo. Costuma ter uma vida em estado de gusano de 12 a 28 dias. Ao alcançar o pleno desarrolho, muda-se para o substrato e fabrica as suas galerias no terreno, ficando em estado de pupa da qual sairá dela o adulto já formado. Em estado de pupa a casca verde, permanece uns 10 a 18 dias.


Larva devorando uma folha, só deixa os nervos, a parte más dura.

Danifica:

O estrago causado pelas larvas ocorre geralmente no Verão e ao princípio do Outono. Mas recentemente algumas larvas estão causando problemas em todas as estações. Os estragos são provocados, nas folhas e nos cabeços. As primeiras são decoradas, com o que as plantas não podem realizar a fotossínteses e perde vigor, se a planta é pequena pode chegar a deixa-la pelada, em quanto aos cabeços ocasionam buracos e túneis neles e alimentam-se dos tenros talos que se formam no seu interior. Podem originar o apodrecimento do mesmo pelo fungo da Botrytis, devido a que o interior dos cabeços não transpira, assim quando o gusano come dele provocará umas feridas que facilmente serão invadidas pelos fundos. Os estragos podem ser muito elevados.


Gusano morto pelo Bacillus Thuringiensis.

Eliminação:

Eliminar a larva é fácil se utilizamos Bt ( Bacillus Thuringiensis), esta bactéria, que se distribui em pó, mistura-se com água para depois fumigar as plantas. Atua matando a larva desde o interior, quer dizer quando o gusano come parte de uma folha infectada por BT, a bactéria comerá ao gusano por dentro. Pode utilizar-se tanto em crescimento como na época de floração. A chuva arrasta o BT da planta, depois há que voltar a fumigar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMO FAZER CULTIVO DE CANNABIS PASSO A PASSO "MACONHA"